Literatura na padaria

Literatura na padaria

O escritor Éber Sander, autor do livro: “Perguntas Indiscretas” lança no próximo sábado, 04, o projeto: “Literatura na padaria”.

O projeto consiste em disponibilizar aos leitores clientes e não clientes da padaria Pão Fofinho, diversas obras de autores nacionais e internacionais.

Os livros poderão ser emprestados a qualquer momento. Não há necessidade de cadastro, carteirinha ou avisar qualquer funcionário do estabelecimento.

“Conheci um projeto similar em uma padaria de Curitiba e resolvi trazer para Indaiatuba” diz Éber Sander.

Não há prazo de devolução dos livros ou qualquer tipo de cobrança nesse sentido. O leitor assumirá que fará a leitura e a posterior entrega para que outras pessoas possam ter acesso aos livros.

As únicas regras são: “Leve esse livro para onde quiser, durante o tempo necessário”; “Cuide dele, depois de ler, devolva”; “Este livro não deve pertencer a ninguém”; “Contribua para o projeto doando outros exemplares de livros”.

“É urgente que o máximo de pessoas tenham acesso ao mundo dos livros. Para que o Brasil seja uma nação desenvolvida de fato, é necessário que sejamos um país de leitores. Só a leitura liberta” reflete Éber Sander.

O escritor lembra ainda que o projeto aceita doações de obras diversas para aumentar a quantidade de livros da biblioteca.

Éber Sander destaca ainda a sensibilidade do proprietário do estabelecimento em abraçar a causa. “É importante essa disposição do empresário em doar parte do espaço do seu estabelecimento para disseminação do conhecimento”.

O escritor que lança em agosto sua segunda obra, intitulada: “Eu morri faz tempo” já tem agendado o local para o lançamento de seu livro.

A Padaria Pão Fofinho está situada a Rua Tupinambás, 359 na Vila Maria Helena.

Anúncios

5 comentários

Filed under 1

5 responses to “Literatura na padaria

  1. Pingback: Nasce outra biblioteca em uma padaria: agora em Indaiatuba

  2. Olá Éber, lí a matéria e me interessei, achei a idéia fantástica e inspiradora. Na verdade também sou escritora e sou de Indaiatuba. Como eu posso contribuir com essa idéia? Eu posso deixar o meu livro na padaria? Posso levar outros livros também?
    Obrigada.
    Giulliana

  3. Eber,
    Estamos estruturando a realização de algo parecido aqui em Fortaleza. Fiz um comentário no Livros e Afins há algum tempo. Deixo o meu incentivo e o compromisso de acompanhar como o trabalho se realizou aí em Indaiatuba. Nossa proposta aqui, que está posta no blog Ser Encontro (http://caroleseupai.blogspot.com) é “Ler e Escrever é D+”. Abraço a você e a seus leitores.

  4. Pingback: Não daria certo no Brasil uma ova | Livros e afins

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s