Tag Archives: educação

Caminhos da leitura em Indaiatuba

Com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Indaiatuba recebe de 28 de fevereiro a 03 de março o projeto Caminhos da Leitura, movimento cultural que visa disseminar o acesso à leitura com a realização de uma série de atividades gratuitas para todas as idades. A praça da Igreja Matriz sediará das 09h às 19h programação que inclui feira de livros vendidos a preços acessíveis, oficinas, debates, exibições de filmes e atrações infantis, além de ações no auditório do Colégio Candelária, que também dá suporte local à iniciativa. O programa foi idealizado pela Infinito Cultural e é apresentado pelo Ministério da Cultura, Fundação Biblioteca Nacional (FBN) e pela Associação Brasileira de Difusão do Livro (ABDL), integrando o Circuito Nacional de Feiras do Livro, tendo como meta passar por 30 cidades no período de um ano e atingir mais de 5 milhões de pessoas. Entre os destaques do evento estão os espaços Na Carona (destinado ao debate entre autores), Bate-papo na estrada (palestras de autores e sessão de autógrafos), Estacionamento Infantil (área exclusiva para crianças com atividades lúdicas), Cinelivro (apresentação de filmes que tenham relação com obras literárias) e Biblioteca Esquenta (parceria com o programa Esquenta, da TV Globo, para exposição de livros doados por celebridades com dedicatórias). Informações (19) 3825-2056.
“Temos a grande satisfação de receber o projeto em nosso município, iniciativa cujo objetivo se agrega ao trabalho constante da Secretaria de Cultura de fomentar o gosto pela leitura, através de ações como o Outubro Literário e nossa já tradicional Feira de Troca de Livros”, destaca a secretária municipal de Cultura Erika Hayashi Kikuti. “Gostaria de convidar toda a população a prestigiar o evento, que certamente garantirá momentos de diversão para toda a família”, finaliza.
“A programação ainda está sendo finalizada, mas tivemos uma grande preocupação em valorizar os artistas locais, o que é uma constante nos projetos da pasta em todas as manifestações artísticas”, diz Marina Costa, coordenadora da área de literatura da Secretaria de Cultura. “Teremos inclusive um estande na feira literária dedicado a autores de Indaiatuba. O escritor do município que tiver um livro publicado e quiser participar pode contatar a Secretaria”, explica.
Caminhos da Leitura – Programação já confirmada*
Feira de venda de livros – 28/02 a 03/03 das 09h às 19h
28/02 – Quinta-feira
09h – Abertura oficial
09h30 – Apresentação dos alunos da oficina de Viola Caipira da Secretaria de Cultura
11h às 12h e 16h às 17h – Estacionamento Infantil – Oficina de argila (Prof. Cícero)
17h – Cinelivro – Lisbela e o Prisioneiro – Auditório do Colégio Candelária
19h – Na Carona – Bate-papo com os autores Emerson Sitta (Itu) e Lalo Arias (Indaiatuba), mediado por Guilherme Salla com o gênero poesia e o tema “Literatura e o Fazer Poético” – Auditório do Colégio Candelária
01/03 – Sexta-feira
09h – Estacionamento Infantil – Contação de histórias com Turma da Leitura (Secretaria de Educação)
10h – Estacionamento Infantil – Arteria Infantil com a Profª Jane Bonet
11h – Estacionamento Infantil – Contação de histórias com Turma da Leitura (Secretaria de Educação)
15h – Estacionamento Infantil – Arteria Infantil com a Profª Jane Bonet
17h – Cinelivro – O Coronel e o Lobisomem (censura 14 anos) – Auditório do Colégio Candelária
19h – Na Carona – Bate-papo com o autor Antônio da Cunha Penna e mediação de Mônica Kimura com o gênero Prosa e o tema “O Ofício do Escritor” – Auditório do Colégio Candelária
02/03 – Sábado
11h – Estacionamento Infantil – Contação de histórias com Marina Costa
14h – Cinelivro – O Coronel e o Lobisomem (censura 14 anos) – Auditório do Colégio Candelária
15h – Estacionamento Infantil – Contação de história com Marina Costa e Pamella Martelli. Conto Dandara do livro de Vanderlei Bastos
17h30 às 18h – Apresentação do grupo de jongo Filhos da Semente
19h – Sarau Todas as Palavras
03/03 – Domingo
10h – Estacionamento Infantil – Peça “Como Panquecas” com o grupo Gandaiá
15h – Estacionamento Infantil – Peça “Como Panquecas” com o grupo Gandaiá
Serviço
Praça da Matriz – Praça Leonor Camargo de Barros, s/n – Centro
Colégio Candelária – Rua Candelária, 527 – Centro
Secretaria Municipal de Cultura – Praça Dom Pedro II, s/n – Centro

*Programação sujeita a alterações

Deixe um comentário

Filed under 1

Dia da Oportunidade II

No próximo sábado – 20 – acontece o “Dia da oportunidade II” na Faculdade Anhanguera de Indaiatuba. A Sander Livrariawww.sanderlivraria.com.br – participará do evento com venda de livros a preços especiais. Agende e não fique de fora deste grande evento!

Deixe um comentário

Filed under 1

Artigo: “Onde é mais feio perder?” por Éber Sander

Onde é mais feio perder?

*Éber Sander

No último domingo (17) os brasileiros assistiram perplexos a derrota e eliminação da seleção brasileira de futebol para o Paraguai, na Copa América.

Não conseguimos vencê-los no tempo normal (para os desavisados 90 minutos), tampouco na prorrogação (mais 30 minutos de jogo).

Como nervoso pouco é bobagem, lá fomos nós torcer para que os brasileiros eliminassem o Paraguai nos pênaltis.

Um a um, os jogadores brasileiros foram batendo e errando os pênaltis. Algo vergonhoso, jamais visto na história futebolística deste país. Mas esqueçamos o futebol por um instante.

O Paraguai conta com uma população de 6,3 milhões de habitantes. A taxa de alfabetização de sua população é de 94% enquanto a taxa de alfabetização no Brasil (pasmem) gira em torno de 88,6%

E o pior, perdemos de goleada para a Argentina quando se fala em alfabetização. Em 2011 estima-se que o índice fique em cerca de 97,2% de sua população.

Valorizamos demais certos assuntos e de menos tantos outros mais importantes. É verdade que ganhar uma Copa América é legal. É verdade que golear a Argentina nos enche de orgulho. É verdade que é bom ter nascido aqui o melhor jogador do mundo. Mas é verdade também que ter uma população alfabetizada é importante para a auto-estima e qualidade de vida de uma nação.

Dizem que na vitória não há espaço para reflexão, já que apenas comemora-se. Nada mais. A reflexão acontece apenas na derrota. E é chegada a hora de refletir!

Essa saída repentina da seleção brasileira da Copa América é importante, pois nos faz refletir sobre a importância exagerada que damos ao futebol em detrimento de outros assuntos de extrema importância, como a educação, apenas para citar um exemplo.

Portanto, perder nos pênaltis para o Paraguai é feio! Mas perder para o Paraguai e Argentina na taxa de alfabetização é mais feio ainda!

 

*Éber Sander é escritor, autor do livro “Perguntas Indiscretas”, em agosto lança sua segunda obra “Eu morri faz tempo”.

www.ebersander.wordpress.com

Twitter: @EberSander

1 Comentário

Filed under 1

Artigo: “Assassinaram o português” por Éber Sander

Assassinaram o português

*Éber Sander

Acabo de assistir uma reportagem no Jornal Nacional, da toda poderosa Rede Globo, sobre as oportunidades que os jovens estão perdendo no mercado de trabalho, pelo simples – e absurdo – fato de não conhecerem o mínimo da língua portuguesa.

Jovens recém saídos dos bancos universitários maltratando nossa língua. Assassinando o português.

Questiono-me se há algum culpado. Seria o próprio estudante? Ou quem sabe o governo que pouco – ou nada – fez para levar e difundir o prazer da leitura aos quatro cantos do país? Ou pode até ser que a Rede Globo também tenha culpa nesse processo, o que ela tem feito para melhorar a educação no Brasil?

Estou certo que trancafiar duas dezenas de pessoas em uma casa por três meses não colabora em nada. Certo também de que colocar programas educacionais às 6 horas da manhã de um sábado também não ajuda muito.

A única forma de escrever e falar bem o português é ler mais. Deve-se ler no café da manhã, no almoço, no café da tarde e no jantar. Ler, ler, ler e ler cada vez mais. Não há outro caminho.

Criou-se uma ideia que temos que falar uma segunda língua, no caso, o inglês, mas esqueceram-se que se quer falamos – e escrevemos – a nossa língua de forma adequada.

A média de livros lidos no Brasil vem aumentando ano a ano, porém, ainda há muito a ser feito. Muito mesmo!

Portanto, para que os jovens brasileiros tenham acesso aos bons empregos e possam usufruir do bom momento econômico pelo qual o Brasil vem passando, é imprescindível que o hábito da leitura seja cada vez mais difundido em nosso país.

Na próxima entrevista de emprego o recrutador vai lhe perguntar o que você tem lido ultimamente e lhe aplicar uma redação, se você gaguejar e não souber responder a pergunta e sua redação não passar de três linhas, é melhor já ir pensando para qual empresa vai enviar seu currículo novamente, pois naquela empresa a vaga não será sua.

 

*Éber Sander é escritor, autor do livro “Perguntas Indiscretas” em agosto lança sua segunda obra “Eu morri faz tempo

www.ebersander.wordpress.com

Twitter: @EberSander

Deixe um comentário

Filed under 1